quinta-feira, 26 de março de 2015

MULHER SE PROSTITUÍA PARA PAGAR DIZIMO

Mulher se prostituía para pagar dízimo a igreja



O Pastor Jerônimo Augusto da Cruz está sendo acusado de forçar fiéis a prostituição, no intuito de pagar o dízimo.   Uma mulher alega ter se prostituído durante 3 anos  para pagar o dízimo na Igreja Mundial.  Segundo ela, forçada pelo Pastor e por outros bispos. 




"-Acho que minha cliente está agora numa situação muito perigosa. Esse pastor à está ameaçando de morte. É meu dever falar em sua defesa. Não posso ficar em silêncio", disse o advogado.

A prostituição de algumas mulheres, se tornou pratica na comunidade, visto que é uma comunidade muito carente. Há também contra este mesmo pastor uma acusação de estupro em 2009, quando teria estuprado sua própria mãe, em sua própria casa com o consentimento de um bispo da mesma igreja. O caso está sendo apurado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário